IMG BIOLOGIA.jpg
R&D
Biologia Molecular

ESTUDAMOS CUIDADOSAMENTE O POTENCIAL DE NOSSAS FORMULAÇÕES, DE GENES A PROTEÍNAS.

 

O Grupo Greenhas optou por investir em tecnologias biomoleculares para estudar detalhadamente os mecanismos de funcionamento dos produtos mais inovadores. A abordagem holística das ciências “ômicas”, aplicada à pesquisa em bioestimulantes, permite estudar o efeito que o uso direcionado de moléculas bioativas e microrganismos úteis tem em organismos vegetais considerados como uma entidade complexa. 

 

Os protótipos selecionados em ambiente controlado de acordo com o protocolo HPP passam por um estudo que permite correlacionar os efeitos observados no fenótipo aos processos que são ativados no nível do genótipo. As plantas cultivadas na câmara de crescimento, tratadas com bioestimulantes concebidos pelo Grupo Greenhas, são analisadas em centros de excelência, através de uma abordagem multidisciplinar que vai desde a análise da expressão genética, passando pelas mais recentes tecnologias de sequenciação NGS – ARN, até à proteómica. 

 

Os estudos sobre o genoma permitem entender o potencial da formulação, antes de passarmos para as aplicações experimentais em campo. 

Além disso, as aplicações direcionadas e a medição do curso de tempo nos permitem determinar a fase fenológica e os intervalos de distribuição ideais para alta eficiência. O objetivo é escolher com precisão as doses e o momento certo para o tratamento. 

 

Desta forma podemos refazer a presença de nossos produtos na planta horas extras, 

desde a ativação de genes, passando pela transmissão do sinal, até a síntese de proteínas e a manifestação do efeito.